19

abril.2017

Dê sabor às interações com animações

Utilizar animações como elementos de identidade de marca não é nenhuma novidade, principalmente na propaganda, mas a internet fez com que a relação do público com esta forma de expressão de marca subisse um degrau. As animações passaram a desempenhar um papel fundamental para uma boa experiência já que as pessoas começaram a interagir com elas.

As animações na internet tiveram um boom no período em que o Flash era utilizado ostensivamente, e elas voltaram recentemente com a evolução de algumas linguagens como o CSS3 e HTML5 Canvas. A adesão do flat design também veio junto com as animações, elas são fundamentais para dar mais força para este estilo de design mais sóbrio.

Em um dos seus artigos, Fabrício Teixeira, editor-chefe do uxdesign.cc, ilustra muito bem a importância das animações em interfaces interativas:  “Animação é como o sal nas batatas fritas; sem isso, elas têm sabor ameno e fraco. Ao animar diferentes elementos do seu design você pode adicionar um pouco de encantamento e mágica na interface.”

As animações contribuem principalmente de duas formas. A primeira delas é a possibilidade de um envolvimento emocional com a interface. A animação consegue expressar mensagens que uma imagem estática não consegue, tem o potencial de transmitir uma ideia muitas vezes fundamental para gerar empatia entre o usuário e a marca.

O segundo ponto que devemos considerar é que as animações não devem ser apenas memoráveis, mas também funcionais, característica que impacta diretamente no tempo de navegação no site. As animações devem agir como pistas para o usuário, guiando a sua navegação e dando feedbacks às suas ações.

O que você procura?

Não perca nenhum conteúdo