26

abril.2019

Estratégias de Busca: Como acompanhar a informalidade e a impaciência dos novos consumidores?

Basta uma olhada rápida para perceber que as estratégias de busca ficam velhas a cada minuto. Os usuários, em constante movimento, munidos de novas tecnologias a todo instante, querem cada vez mais informação e cada vez mais rápido.

Buscas por termos adicionais como “agora” e “aberto” crescem vertiginosamente. É chegado aquele momento de traçar uma nova estratégias de busca, mas muitas empresas, grandes, inclusive, nem têm nem uma estratégia ainda, então, vamos ao começo:

O que são Estratégias de Busca?

Para simplificar, estratégias de Busca (ou search) são ferramentas do marketing digital que tem o objetivo de aumentar a exposição de marcas e serviços nos sites de busca, o Google, principalmente.

Essa exposição tem o poder de aumentar o tráfego do site de forma extremamente qualificada, já que atua na palavra-chave buscada pelo potencial comprador.

Basicamente, se dividem em duas categorias: Links patrocinados e busca orgânica. Para saber mais, entre aqui.

Palavra-chave é tudo?

Houve um tempo em que falávamos: “conteúdo é rei.” Pois bem, o rei vai ter que mudar.

Vemos, em muitos projetos de sites, que a contratação do conteúdo é feita uma vez, e nunca mais é mexida, com o tempo, os termos vão perdendo a relevância e a performance do site nas buscas já não é mais a mesma do início. Por que isso acontece?

Os sistemas de busca ficam mais intuitivos e as ferramentas de SEO vão se ajustando. Aquele conteúdo de 2015 que a sua empresa subiu ao site certamente está defasado e, no mínimo, uma nova estrutura de campo semântico se faz absolutamente necessária para performar entre os primeiros resultados.

Mais que uma simples busca.

Sabemos que os consumidores têm o poder na palma da mão e que ninguém gosta de perder tempo, mas o que é necessário para fazer a diferença na hora da pergunta? Na hora da busca?

A resposta é tão simples que chega a ser constrangedora: Tenha as respostas.

Porém, para dar respostas é necessário pesquisar o que se busca e estar pronto. Aquele velho sistema de esperar que os impacientes liguem para sua empresa quando ela estiver aberta não cola mais.

É claro que nem todas as empresas estão disponíveis 24 horas por dia, mas um bom direcionamento do usuário a um conteúdo relevante à busca ou simplesmente uma página de destaque de acesso, já ajudam e muito a diminuir eventuais rejeições.

Mais que uma simples resposta.

Entender a tecnologia intuitiva é essencial. É muito importante ouvir a forma que os usuários estão buscando e dar as respostas de acordo com sua linguagem.

Uma Agência de Marketing Digital experiente, como a Pulso, entende que os consumidores procuram mais que apenas uma resposta, eles querem ser inspirados, eles querem dormir com a experiência da marca na cabeça. Eles querem pertencer.

Por isso, suprir as necessidades, além da resposta, é sempre nosso objetivo.

O que você procura?

Não perca nenhum conteúdo