18

outubro.2018

Marketing de Conteúdo e o Tráfego Orgânico. A química certa existe?

Que o Marketing de Conteúdo roubou de vez a atenção das pessoas não é mais novidade para ninguém, mas a verdade é que existem tantos elementos nessa química, que muitas empresas não conseguem enxergar todas as oportunidades.

Começando pelo começo, o desafio é conhecer os clientes, entender como o crescimento mudou e prever as intenções. A jornada mobile deu uma sensação de poder na palma da mão. Queremos saber mais e queremos saber agora.

Mas como estar nas pontas dos dedos dos seus clientes se você ainda nem sabe quem eles são?

Por isso, aqui na Agência Pulso, a primeira lição de casa é sempre o Planejamento.

Marketing de Conteúdo x Engajamento

Sabemos que a jornada linear de compra não existe mais. As pessoas pesquisam, têm ferramentas cada vez mais rápidas e práticas para escolher, ir e voltar, comprar e se arrepender ou comprar e se apaixonar.

Nenhuma jornada de compra é igual a outra, mas estávamos aqui tentando colocar uma lógica no planejamento para ter uma fórmula mágica de entender como os clientes compram, certo?

Errado.

E Todo o papo sobre conhecer seus clientes era besteira?

Não.

Um dos elementos químicos dessa fusão empresa/cliente se chama Engajamento, um catalisador natural que acelera um fã/cliente em uma compra muito mais linear. Isso acontece quando você conquista respeito e confiança.

Sabendo que esse tipo de coisa não se pede, se merece; então, como conquistar respeito e confiança?

A Qualidade do Click

Algumas dúvidas frequentes de empresas que procuram a Pulso são:

Se eu pagar os anúncios, eu vou aparecer em primeiro no Google?

E se eu patrocinar os flyers, resolve? E se comprar mais seguidores?

Depois de 12 anos respondendo essas perguntas, a conclusão é que a solução mais inteligente é orgânica. O tráfego orgânico é como uma cura, o tráfego inorgânico é como um remédio.

Explicando: imagine um custo permanente que tem a tendência de crescer conforme a competitividade? Um pesadelo, certo? É assim que o remédio funciona. Se sua doença piorar, você vai precisar de mais e mais. Ele pode até resolver, mas com a Transformação Digital, nenhuma empresa pode se dar ao luxo de não ter um plano B. Não pode se dar ao luxo de não ter estratégia de Marketing de Conteúdo.

Agora, e se você encontrar a cura e seu organismo se livrar dos clicks indesejados e altas taxas de rejeição?

A Química certa

Para não ser injusto e deixar a pergunta do título sem resposta: A química existe sim.

Não é como se fosse simples assim, um passe de mágica e milagrosamente seus fãs viram clientes e vice-versa e passam a amar sua linda marca. Não estamos num conto de fadas.

Completando a resposta, se você tem investido pouco tempo e dinheiro nas suas estratégias de Planejamento, Inbound Marketing, Conteúdo Relevante, Pesquisas, etc, está  na hora de reposicionar os gastos com os remédios, mesmo que eles estejam mantendo você vivo.

O que você procura?

Não perca nenhum conteúdo